integração de equipes

Como fazer a integração de equipes em 6 passos simples

No dia a dia de quem trabalha com a gestão de profissionais, uma preocupação importante deve ser a integração de equipes. Manter times em uma estrutura colaborativa traz produtividade e menos erros para o negócio. Além disso, minimiza as chances de problemas de comunicação ocorrerem.

No cenário atual, em que a competitividade precisa ser estimulada continuamente, a integração de equipes ganhou ainda mais importância. Negócios que podem manter os seus profissionais colaborando continuamente inovam mais. Além disso, destacam-se frente à concorrência pela habilidade de prestar serviços inteligentes e focados nas demandas dos parceiros comerciais.

Quer saber mais sobre o tema e como conseguir melhorar os seus resultados integrando as equipes da sua companhia? Então, veja o post a seguir!

Por que a integração gera melhores resultados?

Manter times integrados pode ser uma das melhores escolhas que um negócio faz. Essa abordagem operacional traz mais agilidade para a companhia e menos conflitos. Além disso, prepara o negócio para lidar melhor com demandas do mercado e de seus parceiros comerciais.

Quando os fluxos são unificados, dados circulam com maior precisão. Isso pode gerar mais inovação e menos problemas nas cadeias operacionais. Afinal de contas, mais saberes serão utilizados para definir as escolhas de cada projeto ou meta de planejamento.

Em outras palavras, a integração da equipe torna a empresa mais competitiva, eficiente e inovadora. O negócio poderá tomar decisões mais ousadas e conseguirá atender com facilidade às demandas externas. Desse modo, a marca poderá se destacar à frente de concorrentes e garantir bons resultados operacionais em médio e longo prazo.

Como integrar a sua equipe?

Para promover a integração de equipes, vários passos podem ser tomados. Confira alguns que o seu negócio pode adotar a seguir!

1. Defina a cultura e os valores da empresa

O que move o seu negócio? Quais valores moldam a sua cultura operacional? Saber esses detalhes é algo muito importante ao integrar equipes.

Afinal de contas, em vários cenários, a empresa pode ter um ambiente de trabalho que mantém uma cultura não propícia à integração entre times. Portanto, se esse for o caso, o esforço para manter um fluxo de trabalho colaborativo será mais complexo. Diante disso, não deixe de considerar os fatores culturais do ambiente corporativo para avaliar a melhor maneira de unificar rotinas.

2. Crie rotinas que estimulem o trabalho colaborativo

A criação de uma cultura corporativa que estimule o trabalho integrado deve considerar o modo como os fluxos operacionais são organizados. Por isso, o negócio precisa moldar a sua cadeia operacional para garantir bons resultados e evitar gargalos. Não basta, portanto, estimular que a equipe trabalhe lado a lado — as rotinas da empresa precisam, também, garantir que isso seja possível.

Portanto, sempre estimule os seus times a trabalharem integrados por meio de fluxos que tornem isso viável. Comunique-se com os profissionais, entenda como é o perfil das suas atividades e trabalhe lado a lado para modificá-los. Com isso, será possível garantir um trabalho mais colaborativo para todos.

3. Elabore um manual de integração

Toda empresa deve manter uma documentação robusta para orientar os seus profissionais. Em momentos de dúvidas, esse documento facilita a identificação da melhor maneira de executar qualquer rotina. Além disso, evita que falhas se perpetuem.

Para garantir mais integração, portanto, elabore um manual de integração entre os times. Defina os objetivos do trabalho colaborativo, como isso deve ser feito, as ferramentas que podem facilitar essa mudança e os benefícios que ela trará. Desse modo, o time poderá se integrar com menos conflitos e mais agilidade.

4. Realize treinamentos

Além da documentação acessível, os times que tiverem as suas rotinas modificadas precisam ser treinados. Um bom treinamento facilita a incorporação de novas formas de trabalho. Além disso, mantém as equipes mais engajadas em novas maneiras de executar os seus processos.

Portanto, estruture um treinamento contínuo para os seus times. Molde-o de modo que solucione as suas dúvidas e seja capaz de repassar, de forma transparente, a nova cultura operacional da empresa. Desse modo, a organização poderá integrar as mudanças que tornam os times mais unificados sem grandes gastos.

5. Aplique feedbacks após o término de projetos

Sempre que novos processos colaborativos forem executados, um feedback deve ser aplicado. Ele auxiliará os times a reforçarem boas práticas e a abandonarem as que não trazem bons resultados. Além disso, manterá a equipe com um moral elevado.

O treinamento, em outras palavras, é um modo de manter a equipe motivada e de reconhecer boas práticas. Ele também facilita a correção de falhas e a manutenção de uma rotina uniforme. Desse modo, a empresa pode atingir os resultados esperados sempre.

6. Utilize boas ferramentas

Como apontamos, a empresa que busca a integração de equipes deve, também, estimular um ambiente em que isso seja possível. Isso passa por várias etapas. Uma delas é o uso das ferramentas corretas.

Aplicativos de cloud storage, sistemas de gestão integrados à nuvem e soluções de comunicação modernas são apenas alguns passos que podem ser tomados. Eles tornam o fluxo de troca de dados mais automatizado e eficiente. Assim, todos podem colaborar mesmo que estejam em locais diferentes.

Por que o apoio da tecnologia é importante para a integração de equipes?

A transformação digital trouxe grandes impactos para as empresas. Em todas as áreas da economia, digitalizar processos aumentou lucros e indicadores de performance. Afinal, empresas conseguiram otimizar o seu posicionamento, atender a clientes em mais canais e diminuir o número de problemas internos.

No caso da integração entre equipes, a tecnologia torna a troca de dados mais dinâmica, prática e fácil. Além disso, os times podem colaborar mesmo quando profissionais atuam em regimes de home office. Portanto, a TI deve sempre ser considerada para quem pretende tornar o ambiente corporativo mais colaborativo.

A competitividade entre empresas exige que negócios se mantenham eficientes o tempo todo. Não garantir um fluxo de alta produtividade facilita a perda de competitividade. Afinal, a companhia não conseguirá atender corretamente às demandas de clientes e parceiros comerciais.

Nesse sentido, a integração de equipes deve ser uma preocupação de todos. O negócio precisa estar preparado para lidar com as demandas a partir de uma rotina colaborativa. Por isso, sempre busque as estratégias necessárias para manter times unidos e, assim, garantir bons resultados para a empresa.

Curtiu as dicas deste post? Então, assine agora a nossa newsletter para receber outras novidades e estratégias para melhorar a sua empresa!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.